Mídia Sustentável alia comunicação corporativa com proteção ao meio ambiente

Na mídia/Sem categoria

Mídia Sustentável alia comunicação corporativa com proteção ao meio ambiente

POR – FT ESTRATÉGIAS / NEO MONDO

Empresa promove reciclagem com o apoio da iniciativa privada

A Mídia Sustentável ajuda a promover a reciclagem e a educação ambiental em municípios e parques brasileiros por meio de mobiliários urbanos: quando empresas anunciam nesses mobiliários, parte do valor investido em suas campanhas é revertido para ações de coleta seletiva em comunidades, e as indústrias de bens de consumo ainda contam com o apoio da Mídia Sustentável para adequarem-se ao Acordo Setorial de Embalagens. “A Mídia Sustentável capacita e investe em cooperativas e empresas de coleta seletiva locais e desenvolve campanhas de conscientização para que a população cuide melhor do meio ambiente.”, diz Caio Pereira de Queiroz, sócio da Mídia Sustentável.

A Mídia Sustentável surgiu há três anos por um time de profissionais que atua há mais de 20 anos no mercado socioambiental, focado em programas corporativos e municipais de resíduos, publicidade e propaganda. A empresa já beneficiou comunidades em São Sebastião, Porto Seguro/Trancoso e região. Segundo Caio, “buscamos municípios com alto potencial de turismo e meio ambiente exuberante e frágil. Iniciamos nas regiões que demonstraram maior interesse nas causas ambientais e buscavam um programa de coleta seletiva eficiente”. Na próxima temporada de verão, a empresa irá beneficiar mais dois municípios: Peruíbe (SP) e Paraty (RJ).

A escolha dos voluntários que conscientizam a população sobre reciclagem é feita a partir de ONGs locais parceiras, que já trabalham com turismo sustentável e educação ambiental e tem como foco a coleta seletiva. Empresas como Elo Cartões, IRobot, Cervejaria Petrópolis – Itaipava, já anunciaram no mobiliário, o que ajudou a fomentar a ação. A ideia é que haja cada vez mais conscientização sobre o assunto e que a educação ambiental faça parte do dia a dia das pessoas.

“Queremos implementar o programa de comunicação e coleta seletiva em 20 municípios e parques brasileiros nos próximos cinco anos, atingindo uma população de aproximadamente 700 mil pessoas e ajudar a reciclar mais de 900 toneladas de material por mês”, revela Caio Pereira de Queiroz.

Deixe um comentário